Vamos conhecer a ANINUTRI - Nutrição Animal?

Em mais uma série de entrevistas com nossos profissionais do Mercado Pet, vamos conhecer um pouco o trabalho da Zootecnista Aline C. Almeida que é especialista em nutrição e manejo alimentar para animais com Mestradopela UFRRJ e Doutorado pela UFV.




A NUTRIÇÃO de cães e gatos hoje é vista como área de importância no dia a dia da clínica Médica?


Mesmo que seja vista, ainda não é utilizada como uma ferramenta útil aos tratamentos como deveria ou poderia ser, os médicos veterinários ainda não estão preparados, para determinar certas modificações nas dietas dos animais.


O que te levou a escolher essa área?


Sou zootecnista, e por formação, a nutrição é uma grande área de conhecimento, percebi pela interação com amigos veterinários que existia uma demanda reprimida muito grande na área de nutrição de Pets, pois os veterinários clinicos ficam praticamente reféns das dietas comerciais, sem ter conhecimento suficiente do balanceamento ou da composição de alimentos naturais para fazer, com confiança, modificaçãoes nas dietas dos animais em tratamento clinico, sem correr o risco de causar deficiências de nutrientes ou piorar o caso clinico ao invés de ajudar. Percebendo isso resolvi montar protocolos de atendimento para os casos clinicos mais comuns e para atender esses casos. Imediatamente os resultados positivos apareceram e resolvi me manter e me aprofundar no assunto, expandindo o atendimento para todos os interessados, sendo caso clinico ou não.



Quais os maiores cuidados que um clínico tem que ter quando pensa em nutrição? O conceito é bem compreendido pela classe?




Infelizmente ainda não é bem compreendido e, às vezes, mesmo que seja bem compreendido não é bem aplicado.

Os maiores cuidados devem estar relacionado à:

1- proporcionalidade de nutrientes que devem ser oferecidos diariamente para os animais, de acordo com suas necessidades;

2- escolha de fontes adequadas e adequar as quantidades limites desses alimentos, principalmente quais devem ser ou não oferecidos, de acordo com o caso clinico;

3- modificações que o fornecimento de nutrientes deve sofrer durante o tratamento, sem causar deficiências, para atender especificamente àquele quadro clinico, favorecendo o metabolismo do animal nesse período.

Dessa forma o clínico fica preso às dietas comerciais disponíveis, e o caso pode se complicar quando o animal não consegue se adaptar a essas dietas, o que é muito mais comum do que se imagina.



Quais as áreas onde um profissional com sua especialização poderia atuar dentro do mercado pet?


Dando consultoria especializada para desenvolvimento de dietas personalizadas atendendo proprietários, veterinários e criadores que queiram atender a demanda nutricional de seus animais de forma diferenciada; formular produtos balanceados e dietas especiais para empresários que queiram investir em atender esse mercado pet com qualidade, pois essa demanda é crescente em nosso país, e ainda atendendo todas as exigências que o Ministério da Agricultura impõe no ramo de alimentação animal. Nesse interim, posso citar a Pet Delícia, onde sou responsável técnica para o desenvolvimento de novas fórmulas, atendendo com segurança as necessidades de nutrientes dos animais, sem inclusão de elementos artificiais nesse alimento e com a seriedade exigida pelo Ministério para desenvolver esse trabalho.


Poderia citar alguns exemplos onde o controle nutricional pode ajudar na recuperação de animais de estimação?

Na prevenção de distúrbios que podem ocorrer em consequência da falta de um manejo alimentar não diferenciado na velhice, no desenvolvimento de filhotes, na gestação, lactação ou para animais com necessidades diferenciadas, como os atletas;

no tratamento de distúrbios do trato gastrointestinal;

no tratamento de distúrbios do sistema circulatório, como variações de pressão e distúrbios cardíacos;

no tratamento de distúrbios do sistema renal e do trato urinário inferior;

no tratamento de distúrbios da pele e pêlos;

no tratamento da obesidade;

no tratamento de distúrbios hormonais com complicações metabólicas e,

no tratamento de distúrbios do fígado e pâncreas.

É importante ressaltar, que a nutrição por si só não cura, mas é uma ferramenta importante que favorece o metabolismo para aumentar a eficiência dos tratamentos clinicos ou a resistência orgânica do animal.

 

Comentários

Postagens mais visitadas